Pensão alimentícia.

Algo muito usado por alienadoras para promover o afastamento é colocar na cabeça da criança que ela está em desvantagem financeira ou passando dificuldades. 
Muitos usam o filho como moeda de troca e em muitos casos o filho só aceita ver o pai se obtiver algum tipo de ganho financeiro com o passeio ou visita. 
Sim os filhos são usados como moeda de troca! 
Existem pais que pagam altas quantias, e outros que se desdobram para conseguirem cumprirem suas obrigações judiciais e não faltar arroz feijão para os seus filhos do novo casamento. 
A grande verdade é que cada um precisa viver de acordo com o padrão de vida que possuem. 
Existem mulheres que se separam e não aceitam diminuir o padrão de vida dos filhos e acham que o pai tem obrigação de arcar com TODOS os custos do filho, e ainda comparam com o de amigos que recebem quantias maiores. 
Mulheres entendam, se vocês tiveram filhos com homens que têm salários baixos a sua pensão será proporcional. 
O que percebemos é que o pai pode pagar 250 500 ou 1000 de pensão que nunca será o suficiente, porque essas mulheres e filhos não entendem que pensão é para custear parte dos gastos da criança, o pai dá a parte dele, os 50% e a mãe tem que tirar mais 50% da renda mensal dela..
300 do pai mais 300 da mãe = 600 
"Mesmo assim é pouco" "600 não dá pra pagar nem um plano de saúde. 
Muitos tem plano de saúde caríssimos pagos pelo pai, ou descontados da folha de pagamento das madrastas e na hora de contabilizar o gasto com o plano elas fingem demência. 
“Ah mas não dá nem para os passeios que faço” 
Mas o pai tem que fazer mercado pagar água luz e sustentar os filhos pequenos com o restinho que sobrou? 
A criança tem que viver a realidade financeira dos pais.
“Não vou fazer nada porque o desprezo já é algo, mas meu pai paga só 300 por mês”.
Quer dizer que o pai que paga “pouco” de pensão merece o desprezo do filho? 
“Aquele canalha atrasa mensalidade da escola e foi viajar com a mulherzinha”
Só porque atrasou a mensalidade que você deveria ajudar a pagar ele não tem direito a viajar? E o que você anda fazendo além de ser plateia dos passeios que seu ex faz?
Se nem o pai e muito menos a mãe tem condições de bancar metade da escola particular, porque matricular a criança? 
“Ah mas o dinheiro da pensão não deu nem pra comprar o remédio do fulaninho”.
Você avisou o pai? Ele não tem bola de cristal para saber que precisou do remédio X, aí não vale cobrar por aquilo que o outro não sabe não é mesmo? 
“Ah mas meu padrasto paga muitas coisas para mim”
Nossa que ótimo, se sua mãe não paga o marido dela sustenta a parte dela não é mesmo? 
Se um padrasto que convive que tira foto de paizão nas redes sociais, que documentalmente existem registros que ele contribui para alienação, que recebe eu te amo do filho que muitas vezes o pai nunca recebeu, não puder fazer uns mimos para seu enteado que espécie de padrasto é esse? 
“Ah mas Minha mãe não trabalha porque tem filhos pequenos do segundo casamento”.
Bom, aí definitivamente não é problema do teu pai.
Pois se o pai ficar desempregado ainda assim tem obrigação de pagar a pensão em dia. 
E se a guarda física na justiça e dos avós, aí piora muuuuito, aí sim que a mãe tem que contribuir com a sua parte na pensão. Talvez se não fosse dos avós a pensão seria maior. 
Tem mulher que quer tirar o poder de pai, achando que mudando a guarda vai irritá-lo é só consegue prejudicar o filho pois judicialmente o valor da pensão diminui. 
Tem mulher que quer se vingar do ex é pede revisão de pensão e muitas vezes p valor também diminui e o filho é o prejudicado. 
Tem mulher que coloca o filho contra o pai que não libera o acesso e aí o filho perde muito. 
Reclamam que o padrão de vida dos filhos do novo casamento é melhor, e esquecem que o filho do novo casamento também tem mãe que contribui financeiramente. 
Por trás de um filho reclamão de pensão que sai denegrindo o pai aos quatro ventos, para todos que encontra, existe uma mulher medíocre, frustrada que a vida não foi progresso e sim retrocesso, que se entitula guerreira mas vive atrás de fórum, bajulando advogados e correndo com processos judiciais para tirar dinheiro do ex.

 

Editor: Equipe Filhos da Alienação Parental

PENSÃO ALIMENTÍCIA.jpg